segunda-feira, março 05, 2007

Anatomia de uma Piada

COMUNICADO
Esclarecimento Público


Antes de eu meter aqui uma piada, eu experimento o seu sucesso junto de uma cobaia.

Nesse sentido, estabeleci uma escala de riso que define os níveis de comicidade de uma construção anedótica.

Também defini pontos-chave nessa mesma escala, um do quais é o chamado "limiar da credibilidade" (LC), ponto a partir do qual não faz sentido arriscar a postagem o blogue sob pena de perder o (enorme) sucesso* que tenho junto dos meus fãs.

Outros pontos fulcrais estão ordinariamente delineados ao longo da escala.

Com efeito, eu também admito que só experimento com uma pessoa, por duas ordens de razão:
- se a piada for má, abaixo do LC, não vale a pena contá-la a mais ninguém, dado que o sucesso deteriorar-se-ia;
- se a piada for efectivamente de boa qualidade, é um risco contá-la a mais do que uma pessoa antes de a colocar no meu blogue, na medida em que há o receio de disseminação da piada na sociedade mesmo antes de a colocar aqui, o que me retira credibilidade para reclamar a autoria e os devidos direitos de autor.

Inerente a esta temática, tenho também que referir que a cobaia a utilizar é sempre diferente. Varia consoante o dia, a metereologia, o estado psicológico, o almoço, a côr dos (meus) boxers, entre outros aspectos essenciais.

E, de facto, quando eu decidi contar esta piada a um amigo meu que nem sempre se ri com as minhas piadas (sendo por isso, uma cobaia com pouco risco de enviesamento experimental), ele de facto riu-se durante 2 segundos, abrindo bem a boca até cá atrás, acrescido do facto de que estavamos em plena aula.

Por isso coloquei aqui a dita piada.

* sucesso => Sim. Para quem não sabe, houve alguém que nas pesquisas do Google, meteu "piadas secas luís oliveira" a fim de chegar ao meu blogue. Almejam vocês, um dia, chegar ao meu patamar! *proud*

1 comentário:

RicardoNeves disse...

HAHAHA... boa metologia!

sempre muito organizado ;P

e ja agora... a cor dos teus boxers?!?!

=O

abraço^^

RicardoNeves