domingo, janeiro 20, 2008

Ode à ordinarice

Um chato fica apanhado na teia de aranha da cona da uma velhota. Ele diz:
-Epa que caralho!
E a aranha
-São coisas que a cona tecem... O colhão de fazer?

Créditos: strapuff

8 comentários:

Helder Santinho disse...

fernando rocha, não percebi esta!?

sff, explique

Anónimo disse...

eu tb n percebi nd desta piada!!!

legendas pf

JP disse...

coisas que aCONAtecem=acontecem
o COLHAO de fazer=o k lhe hao-de fazer.

mas eu digo mais coisas como estas e encaralha-las de frente

Angelwars disse...

Convem ler isto com o sotaque do bolhão :P

e depois ler rapido!

Helder Santinho disse...

não teve assim tanta piada..

claro que se fosse dita por uma peixeira do Bolhão já tinha piada*

Vitor disse...

Esporremos que não volte a acontecer...

Panuno disse...

Fodass.. Bom Bom... é uma cona com Batom!

Maria Inês disse...

Não sei se não teria sido mais engraçado se a ranha tivesse respondido:
- ONDE, ONDE???????

;p